25.1.10

 













 


"...
Sentada
com as pernas em cruz
largou-se a sorrir feito louca
jurando que era santa
e provava o milagre
a quem lhe pagasse pra ver:
tirava leite de pedra,
água de pau, melaço de carne
e prometia o paraíso
a quem lhe alcançasse
o céu
da boca

6 comentários:

renata carneiro disse...

e se na promessa cabe um paraíso a gente só pode fazer milagre, né rêzoca?

beijos!

A Moni. disse...

E eu sou capaz de apostar que ela conseguia... Conseguia sim!

Adorei, Renata!

Beijos!

Ribeiro Pedreira disse...

O céu...
do sol é fogo
da nuvem, bruma
do azul é paz
da boca é mel

Renata Luciana disse...

Meninas,

adoro a presença de vocês aqui!

-------------------------------
Dado,

No teu céu me ponho, estreita e lisa.

Sylvia Araujo disse...

Ah, que me subiu um arrepio na espinha! Te levei comigo com citação e fonte, viu?

Rafael Castellar das Neves disse...

Opa!! Muitoo bom...também estou gostandos dos outros que encontro por aqui..

Rafael