8.7.10


Vento

que despetala


meus cabelos


pincela o vermelho


nas minhas unhas


Sou toda carmim

10 comentários:

Ribeiro Pedreira disse...

respiro o sopro do mesmo vento que traz o teu perfume.
enrubesço à medida da flor que me arrebata os sentidos.
Beijos muitos!

Lara Amaral disse...

O despetalar dos cabelos é uma imagem e tanto. Lindo isso!

Andrea de Godoy Neto disse...

Perfeito!!!

e isso basta

beijos

Fouad Talal disse...

menina,
seu comentário em herói pagou meu esforço de enveredar pela prosa...rs. Muito bom!

você carmim
ficamos assim

bjo

Beto Palaio disse...

Ver de ver melhor, ama rela de cor ação, re nata luci ana. bei jos

Ana Tapadas disse...

O poema tem o ritmo do vento...é lindo!
Beijo

Pensamento e Fumaça disse...

Encanta-me sua fala tão suspirada...a longitude do teu poema ultrapassa o amor e suas faces!!

Aqui entrega tão doce!!!


Um beijo!

Passe lá no Pensamento.
Mell

Sylvia Araujo disse...

Ah, menina flor, que esse vento te balance inteira e sopre um cado do teu carmim daí praqui sempre-sempre.

Beijoca, Rê

nydia bonetti disse...

Vento bom, este que faz corar assim... :) lindo. Beijo.

AC disse...

Um instante, um estado de alma, a disponibilidade para a vida...