13.5.11



Coração apertou e dobrou-se em pensamentos

sonhos imensos  percorrem os meus joelhos

fiz dos meus braços, abraços

toma-me


7 comentários:

Marcantonio disse...

Nossa! Você extrapolou com a música. Ótimo. E a ilustração com as lúdicas esculturas da Sandra Guinle tem tudo a ver; não é comum vê-las aí pelos blogs.

Abraço.

Leonardo B. disse...

[o gesto simples do mundo, o acto da melodia da palavra, em gesto]

um abraço, Renata

LB

Fred Caju disse...

Intenso! Muito bom mesmo.

Ribeiro Pedreira disse...

tomar o corpo num abraço de braços e pernas e pele. percorrer os dias alinhando pensamentos, criando o futuro. tomo-te!

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

drama de esperar o outro, poema forte e não menos delicado

Ana Tapadas disse...

Lindíssimo!
Bjs

NDORETTO disse...

Gostoso por aqui