21.10.11

A tua presença

 

12:53. quando ouvi as primeiras notas

 senti que (o beija-flor-amigo)

havia voltado

foi breve o nosso encontro

o ar gelado de uma primavera escondida

assusta e não deixa ficar

bicou a flor do pé de romã

ainda estranha a ausência das folhas

no nosso jardim

veio apenas cantar a saudade

2 comentários:

Wania Victoria disse...

Os pássaros reconhecem as ausências dos jardins e cantam a saudade para fazer brotar o encontro!



Triste canto, mas nem por isso deixa de ser lindo!

Bj, amiga

Regina Magnabosco disse...

...e pela saudade da poesia, ao revisitar seu 'estado de entrega', quase como um beija flor no pé de romã, agradou-me tanto nova flor-poema, que fui batendo asas e beijando outras flores coloridas, cheias de poesia e passarinhos, música (amo Villa Lobos) e pensamentos de outros jardins (gostei do Pedreira).
Um abraço!