30.1.10

Hoje amanheci chuva

olhos molhados do descanso
corpo vazio das horas
em dias assim
 manhã parece noite
acordo silêncio

11 comentários:

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Renata,
Passei para conhecer seu Blogue baiano, de vitórias e conquistas. Do desassossego que sossega e acalma, do Pessoa que ressoa uma religião tão boa em todos que amam poesia.

Abraço mineiro e encantado,
Pedro Ramúcio.

pêésse: cheguei aqui pelo blogue do Herculano Neto (de Santo Amaro), e frequento muito o "mil e um poemas" do Assis Freitas aí de sua cidade.

Renata Luciana disse...

Se vens das terras mineiras já és dessa 'ciranda', se o atalho para aqui chegar foi o blog do Herculano tens o encanto dos poetas. Sinta-se muito à vontade, deite- se na rede da entrega.

Abraços meus,

Nilson Barcelli disse...

Muito bonitas as suas palavras.
Gostei.
Um beijo.

Gian Fabra disse...

precisa...
bravo!

Renata Luciana disse...

Barcelli

uma taça dos vinhos portugueses, brindando a tua visita.

Renata Luciana disse...

Gian

A gota última. O néctar.

renata carneiro disse...

dormir interrogações faz a gente amanhecer cheio de vírgulas...

lindo, rê.
um beijo.

ARCANO disse...

Voce escreve intensamente bem!

Ribeiro Pedreira disse...

Silencio e saudade compõem dias noturnos com suas gotas suaves de amor.

Sylvia Araujo disse...

A sutil sutileza da manhã que se faz noite. Adoro olhos saciados de silêncio.

Um beijo na alma

Taynara.Tah disse...

Versos e fotografias, tudo lindo por aqui!